{Resenha} A Queda dos Reinos

Seguinte * 398 páginas
Morgan Rhodes * 2013

Tudo começa quando, num certo dia, Aron, um nobre do reino de Auranos, assassina o filho mais velho de um comerciante de vinhos do reino de Paelsia por causa de um bate-boca e uma negociação sem sucesso. Depois disso Jonas, o filho mais novo do comerciante, ameaça Aron e Cleo (a princesa de Auranos) de morte, para poder vingar o irmão.

Jonas está cansado de ver Paelsia na pobreza, enquanto Auranos tem dinheiro de sobra, mas o povo de Auranos se recusa a pagar um preço justo pelo vinho, pagando sempre uma pechincha. Jonas começa uma revolução e, com a ajuda do reino de Limeros, arma contra Auranos, com a promessa de que Paelsia e Limeros repartirão as terras igualmente depois. 

Enquanto isso em Auranos, a irmã mais velha de Cleo está morrendo e ela decide arriscar sua vida indo para Paelsia à procura de um vigilante exilada que possui sementes capazes de curar doenças.

Os filhos do rei de Limeros, Magnus e Lucia, também estão com problemas. Lucia, a irmã adotiva de Magnus, acabou de descobrir que tem poderes mágicos e que sua família não é sua família de verdade, ela está cheia de dúvidas e raiva, e esse sentimento desperta sua magia, Lucia é poderosa mas não sabe como usar o seu poder. Magnus será o futuro rei e está passando por um momento difícil no tema amor (não vou dar mais detalhes, leia e descubra).

Como cada reino e cada personagem se sairá nessa guerra que se aproxima?

"A Queda dos Reinos" foi um livro que me deixou bastante confusa e morrendo de raiva, não foi uma confusão por não entender a história, mas por não ter um lado certo pelo qual torcer. Todos os protagonistas desse livro - Cleo, Magnus, Lucia e Jonas - fazem coisas boas, mas também em algum momento tomam decisões que os levam a fazerem coisas más, só que eles tem um motivo para estarem fazendo aquilo e eu não consigo pensar numa outra forma que poderia ser usada para evitar o ato mau, mesmo que eu tenha ficado com muita raiva dos quatro protagonistas, também gostei deles.

A minha confusão só aumentou quando chegou numa certa parte em que Magnus, Lucia, Cleo e Jonas estavam lutando cada um de um lado e entre si, meu Deus, eu não sabia mais de nada, não sabia quem estava certo, quem estava ajudando ou atrapalhando ou quem estava passando dos limites. Sabe do que esse livro me fez lembrar? Daquela frase do Dumbledore: "Todos temos luz e trevas dentro de nós", super combina com o clima do livro, ninguém precisa de vilões com heróis como esses.

Meu personagem preferido foi o Magnus, o herdeiro de Limeros, ele é um jovem que acha mais fácil mentir do que dizer a verdade, ele guarda todos os sentimentos do mundo dentro do peito e usa uma expressão de indiferença do lado de fora, foi quem mais me deixou com raiva e quem mais me encantou, Magnus é um personagem forte que passa por mudanças (nem tão boas assim) e aprende de forma dura sobre algumas coisas, além de enfrentar desilusões e batalhas (tanto sentimentais quanto reais).
"Magnus era instigante, importuno, teimoso e se apoiava demais em máscaras para esconder seus verdadeiros sentimentos."
Também gostei bastante de Lucia, que embora tenha uma aparência frágil, é dura feito pedra por dentro e faria qualquer coisa para proteger seu irmão, que é a pessoa que mais ama nesse mundo. Lucia ainda tem muito a descobrir sobre seus poderes.
"Lucia Eva Damora era a garota mais linda de toda Limeros. Sem exceção."
Jonas tem raiva e sede de vingança, quer a todo custo matar a princesa de Auranos por ela não ter feito nada enquanto seu bêbado amigo Aron matava o irmão de Jonas. Jonas é um revolucionário que odeia nobres e está disposto a fazer qualquer coisa para conseguir o que quer.
"Jonas estava pronto para morrer a fim de ajudar seu povo a ter uma vida melhor. As coisas nunca tinham sido fáceis. E todos os seres vivos morriam em algum momento. Se tivesse que ser naquela batalha, que fosse."
Cleo foi uma personagem que quando eu bati o olho pela primeira vez não me conquistou, com o tempo ela foi amadurecendo e passando por vários choques da realidade, que lhe ensinaram que a vida no castelo nem se compara com a realidade lá fora. Cleo conseguia tudo o que queria sem esforço, mas se tornou uma jovem determinada e forte.
"Cleo estava tentando ficar em paz com o que acontecera, mas sentia que a dor ainda a sufocava. Tudo era muito recente e difícil de processar."
Um detalhe que me ajudou muito durante a leitura, foi a tabela com os nomes dos personagens e suas funções, que há no começo do livro. Tem todo mundo que é citado, até mesmo aqueles que só aparecem uma vez, essa tabela é uma maravilha para livros de fantasia com muitos personagens.

Os mitos criados pela autora são muito bons e a cultura dos três reinos gira ao redor deles. Morgan Rhodes explorou um pouco desse lado de crenças e acho que nos próximos volumes haverá mais coisas sobre esse tema, mal posso esperar!

Vou parar por aqui pois essa resenha já está giganteee! Amantes de fantasia, leiam "A Queda dos Reinos" e não irão se arrepender! Eu recomendo!

Beijos... Samantha Culceag.

10 comentários

  1. hm, bacana hein! mais um livro que eu nao conhecia e que me interessou bastante

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Acho que depois que a gente lê livros como O Hobbit, ou As Crônicas de Fogo e Gelo, fica difícil gostar de outros livros de mesmo gênero. Sei lá, acho que estórias com esse tema tem que ser muito bem elaboradas pra chamar minha atenção.
    Contudo não conheço a escrita do autor e isso pode fazer uma enorme diferença...

    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raissa!
      Eu amo o livro "O Hobbit" e as outras obras do Tolkien, mas ainda gosto de fantasias menos complexas que a dele. Admito que esse livro não tem uma trama tão profunda quando as do Tolkien, mesmo assim recomendo.

      Excluir
  3. Oi, Samantha!
    Quero ler esse livro agora. Adoro esse lance de que os protagonistas não são 100% bonzinhos, sabe? Na verdade, ninguém é. E isso mostra um aspecto positivo da trama por apresentar personagens palpáveis.
    Pelo o que pude ler, acredito que vou gostar. Só não o leria agora porque resolvi dar um break-up com o gênero por enquanto. Mas quem sabe depois...!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  4. Oláá, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, parece ter uma história legal.
    Não faz muito o meu gênero, mas fiquei com vontade de ler.
    beeijos
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, e você?
      Esse é o meu gênero preferido haha.

      Excluir
  5. Nossa, ficaria confusa também em não saber por quem torcer haha, de qualquer maneira o livro parece ser interessante!

    Beijoos, Love is Colorful & Sorteio

    ResponderExcluir
  6. Sou suspeita a falar, mas amei esse livro!!! Sua resenha ficou ótima!
    Beijos.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá!!
    Ao que parece eu amarei esse livro haha adoro livros desse gênero, ainda mais quando mexem com nossos sentimentos ^^
    Adorei sua resenha!
    Abraços =)
    Enjoy The Little Things

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo esse gênero!
      Fico feliz que tenha gostado!

      Excluir

Obrigada pela visita, vou adorar saber sua opinião!
Tem um blog? Após seu comentário deixe o link para que eu possa retribuir.
*Não serão retribuídos comentários como "gostei" e "legal", leia a postagem antes de comentar!