{Resenha} O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel

J.R.R. Tolkien * Martins Fontes
1949 * 434 páginas
Lhes apresento o Senhor da Fantasia: J.R.R.Tolkien.

"O Senhor dos Anéis" é uma obra de fantasia, a melhor que li até hoje. Os elementos são tão reais que nem parece ser um  mundo inventado, no fundo a Terra Média já se tornou meu segundo lar, sei que vou para lá muitas e muitas vezes, sempre quando reler os livros. Sim, mal acabei a história e já estou me preparando para a releitura! O autor me conquistou desde o Prefácio, tenho que admitir que dei umas boas risadas!

Pra quem não sabe, "O Senhor dos Anéis" fala sobre o Um Anel (aham, nem sabia). Esse Um Anel foi criado por Sauron nas fortalezas de Mordor com o objetivo de dominar todas as raças, contolando outros anéis dados para os Elfos, Homens e Anões.

O Um Anel foi perdido por muitos anos até ser encontrado de novo (pra saber mais, leia O Hobbit) pelo Bilbo, um Hobbit que saiu em uma aventura. Bilbo viveu muitos anos no Condado, até partir para ver os elfos, deixando o Um Anel para seu sobrinho, Frodo, que ganha a tarefa - nada fácil - de destruir o Anel, mas isso só pode ser feito em Mordor, na fortaleza do inimigo.
"Existem alguns entre nós que cantam que a Sombra vai recuar, e a paz voltará. Mesmo assim, não acredito que o mundo possa ser o mesmo de antigamente, ou mesmo que a luz do Sol possa brilhar com a mesma intensidade."
Queria começar a minha opinião de diversas formas, a maioria delas dizendo que amo esse autor e que queria que estivesse escrito mais livros antes de morrer, mas acho que isso já está bastante claro para todos, não é?

"O Senhor dos Anéis" não é "O Hobbit", a narrativa é bem diferente, acontece que Tolkien descreveu muito as paisagens, mas dou razão a ele, ninguém cria um mundo tão perfeito e fica regulando descrição. Já ouvi muitas críticas desse livro dizendo que faltou ação e que os personagens ficam muito tempo andando. Talvez tenham ficado muito tempo andando, mas a riqueza dos detalhes é tanta que eu só presto atenção nisso! A gente vai reparando a mudança das paisagens conforme a viagem vai seguindo, vamos ficando curiosos para saber qual caminho os personagens vão tomar. Resumindo: toda a narrativa, descrição, ação, falta de ação, personagens, paradas em lugares, tudo foi extraordinário do meu ponto de vista.

O ritmo da história no começo é mais lento, mas depois começa a ficar agitado. Gostei do fato do autor contar toda a história dos Hobbits e mais coisas interessantes no Prólogo do livro, assim começamos a leitura ambientadas nos costumes desse povo tão incrível. Admito que um Prefácio, um Prólogo e o começo da aventura não foram o suficiente e dei uma espiada na Apêndice do último livro (curiosa).

Essa edição que eu tenho, vem acompanha de alguns mapas, eu já disse anteriormente aqui no blog que amooooo acompanhar a história pelos mapas, mesmo que eu tenha me perdido no meio de algumas montanhas e florestas (não existe GPS na Terra Média).
"Muitos que vivem merecem a morte. E alguns que morrem merecem viver. Você pode dar-lhes a vida? Então não seja tão ávido a julgar e condenar alguém à morte. Pois mesmo os muitos sábios não conseguem ver os dois lados."
Esse é um livro inteligente escrito por um cara genial, cheio de detalhes que nos deixam de boca aberta. Acho que todas as pessoas deveriam ler esse livro!

Essa foi minha aventura no primeiro livro da trilogia, mal posso esperar para me aventurar ainda mais nos próximos volumes!
Até logo... Samantha Culceag.
Leia mais...

{Tag} Minha Vida de Acordo com a 1D

Hello galera!
Hoje estou respondendo mais uma Tag que eu vi no blog Meu Conto de Fada! As regras são bem simples, a gente tem que responder as perguntas abaixo com o nome das músicas de uma banda que curtimos (no meu caso One Direction). Tenho que admitir que não foi nem um pouco fácil!


Você é homem ou mulher? Only Girl in The World (A única garota do mundo)

Descreva-se. Happily (Feliz)

Como você se sente? Alive (Viva)

Descreva o lugar onde você mora atualmente. Another World (Outro Mundo)

Se você pudesse ir a qualquer lugar, onde iria? Why Don't We Go There (Por que não vamos lá?)

Seu melhor amigo. Wonderwall (Protetora)

Você e seu melhor amigo são. Something Great (Algo Grande)

Se a sua vida fosse um programa de tv, como chamaria? Better Than Words (Melhor do Que As Palavras)

O que a vida é para você? Best Song Ever (Melhor Canção de Sempre)

Seu relacionamento. Summer Love (Amor de Verão)

Seu medo. Little White Lies (Mentirinhas)

Qual melhor conselho você tem a dar. All You Need Is Love (Tudo que Você Precisa é de Amor)

Pensamento do dia. They don't know about us (Eles não sabem sobre nós)

Seu lema. Live while we're young (Viver enquanto somos jovens)

*Algumas dessas músicas são regravações cantadas no programa de talentos X-Factor*

Sintam-se livres para responder com suas bandas preferidas!!!
Beijos... Samantha Culceag.
Leia mais...

Desafio da Tradição

Olá amores!

O mês de Maio está chegando e esse é considerado o mês das noivas. Acredito que vocês conheçam a tradição que diz: "Num casamento, devemos usar uma coisa nova, uma coisa velha, uma coisa emprestada, uma coisa ganhada e uma coisa azul", não é?

Pois nós somos "noivas leitoras" apaixonadas por livros e nos próximos 45 dias participaremos de um "casamento literário coletivo"!! Nesse pacto, o Desafio é selar nossa paixão lendo um livro novo, um livro velho, um livro emprestado, um livro ganhado e um livro de capa azul.


Conheçam as participantes do Desafio da Tradição
e vejam os livros que cada uma delas escolheu:

Cida Oliveira - Moonlight books
Chrys Audi - TLM
Elis Culceag - Arquivo Passional
Giulia Ladislau - TLM
Jaqueline Silva - Meu livro, meu mundo
Luara Cardoso - Estante Vertical
Paty Souza - Leituras da Paty
Samantha Culceag - Só para menores
Sara Bertti - TLM

Querem saber quais foram minhas escolhas?

Novo - De Repente Acontece
Depois que li o livro "Tipo Destino" da Susane Colasanti, decidi ler outras obras dessa mesma autora. Quando topei participar do desafio, pensei que essa seria uma ótima oportunidade para ler "De Repente Acontece", que é um lançamento!

Velho - O Ladrão de Raios
Okay, okay, esse livro nem é tão velho assim, mas levando em conta que eu tenho doze anos e que ele foi lançado em 2005, posso considerá-lo velho! Estou curiosa para ler por causa dos filmes e por ser do Rick Riordan (mesmo autor das Crônicas dos Kane).

Emprestado - A Última Música
Peguei emprestado da minha mãe, ela é fã do Nicholas Sparks. Admito que sempre quis ler alguma coisa desse autor e agora é a minha chance. Assisti o filme e gostei bastante da história, o livro deve ser bem melhor!

Ganhado - Kiki Strike: A Tumba da Imperatriz
Já vai fazer um ano que ganhei esse livro e ainda não tomei vergonha na cara para ler, ele é o segundo de uma série (não li o primeiro ainda), mas cada livro tem uma história diferente. Ele me chamou atenção pelo fato de ter um pouco de mitologia egípcia, que é a minha preferida!

Capa Azul - A Seleção
Depois de ler mil resenhas positivas, a garota aqui decide ler o livro! Agora que ele está dentro do Desafio não tem desculpa pra "deixar para depois"! Coloquei ele na categoria "capa azul", mas poderia entrar também em "capa linda" se tivesse essa categoria.

***
Vocês são nossos convidados especiais para acompanhar cada etapa desse desafio, conferindo as resenhas dos livros escolhidos e a postagem de encerramento que será realizada no dia 30/05.

Obs: Se você gostou e deseja fazer esta Tag, pode, só não esqueça de dar os créditos, incluindo em sua postagem o banner acima, com o nome dos blogs que lançaram o Desafio.

Beijos... Samantha Culceag!
Leia mais...

{Resenha} Contos de Fadas Sangrentos

Rosana Rios * 80 páginas
2013 * Farol Literário
Todos nós conhecemos os contos de fadas da Chapeuzinho Vermelho, A Bela e a Fera, Cinderela, João e Maria, etc... Essas histórias são contadas de geração a geração, mas também existem outras histórias, tão antigas quanto essas, mas um tanto... Sangrentas. Elas já foram esquecidas pela maioria, por medo de achar que seus filhos ficariam mais "violentos" se as escutasse, mas assim como os contos de fadas mais populares, essas histórias passam mensagens muito importantes e valem a pena serem lidas!

Pensando nisso, a escritora Rosana Rios criou este livro, reunindo e reescrevendo cinco contos sangrentos que a maioria das pessoas (eu estou inclusa) não conhecem.

O Noivo Ladrão fala de uma jovem que ficou noiva de um ladrão que mata mulheres para comer. O Estranho Pássaro é a história de um feiticeiro que sequestra crianças. O Filho Perdido é sobre um cozinheiro que fingiu matar o filho da rainha por ganância. O Pássaro de Fogo mostra a busca de um príncipe por um pássaro que vai fazer seu pai mais feliz. Sob o Junípero é a história de uma madrasta malvada que matou o enteado por maldade.

O meu conto preferido foi "O Filho Perdido", essa é a maior história do livro e a mais detalhada, é incrível como o jovem príncipe é teimoso e como isso o meteu em muitas enrascadas, aposto que ele aprendeu umas boas lições!

A diagramação está lindaaaa, amei a capa, as folhas são mais durinhas, um capricho de livro. Em todo começo de história tem uma ilustração e no meio também, a gente para e fica olhando o desenho por no mínimo 1 minuto, é tipo hipnose.

No final do livro há uma página só para bibliografias, dá para ver que a autora pesquisou bastante, todas as versões destas histórias! "Contos de Fadas Sangrentos" é um livro para gente que adora contos de fadas com uma pitadinha de sangue.

Recomendo!
Beijos... Samantha Culceag.
Leia mais...

Mensagem da Sá #5

Fonte da Imagem

Me lembro vagamente da garotinha que ganhou seu primeiro diário. Me lembro que ela escrevia errado com letra de forma e pulava linha. Me lembro que como um "Meu dia foi bom" era o suficiente na época, e às vezes desejo que ela fosse mais detalhista.

Lembro da época quando ela começou um caderno de histórias e aos poucos trocou o lápis por caneta e uma folha por duas. Sei que ela queria tanto terminá-lo, mas nunca conseguiu.

Me lembro dessa garotinha quando fez um blog, ficou com um sorriso no rosto. Me lembro de quando ela entrava no orkut e mandava gifs para seus amigos.

Essa garotinha cresceu, seus diários ficaram gordos, ela trocou o caderno pelo computador e seu blog cresceu. Sua profissão dos sonhos mudou e suas metas também.

A garotinha não é a mesma por fora, e outra completamente diferente por dentro. Talvez nem seja tão "garotinha" hoje em dia.

As pessoas mudam para melhor, mas nada seria possível se a gente não arriscasse lá no começo, quem disse que o blog ia dar certo? Quem disse que ela ia acabar um diário? Quem disse que ela ia acostumar a usar caneta? Quem disse que ela seria feliz?

A garotinha foi corajosa e a garota na qual ela se transformou agradece.
Até mais... Samantha Culceag.
Leia mais...