{Resenha} A Estrela que Nunca Vai se Apagar

446 páginas * Intrínseca
2014 * Esther Earl, Lori Earl, Wayne Earl e John Green

Depois que li e amei "A Culpa é das Estrelas", descobri a existência de "A Estrela que Nunca Vai se Apagar", uma espécie de biografia sobre Esther Grace Earl, a menina que inspirou John Green a escrever "A Culpa é das Estrelas". Fiquei louca para ler essa história, até que um dia, minha amiga teve a bondade de me emprestar o livro e foi assim que "conheci" Esther.


O livro começa com uma introdução feita pelo John Green, ele fala como conheceu Esther, sobre a amizade entre eles (como ela foi crescendo) e sobre seu livro também, nos emociona com suas palavras (como se os livros que escreve não fossem o suficiente para nos emocionar).

Então temos uma apresentação de Esther pelos seus pais, onde eles narram um pouco de como ela era quando pequena, e mostram muitas fotos de viagens e fotos em casa. Depois de um tempo, eles contam quando descobriram o câncer da tireoide de Esther e temos uma explicação médica sobre isso.

Esther adorava desenhar carinhas!
A partir daí o livro alterna entre um site (onde Lori e Wayne, os pais de Esther, contam as coisas que aconteceram com a garota) e o diário de Esther (que é bem engraçado).

Quem ainda não leu, pode pensar que esse livro tem muito drama e seu conteúdo possui apenas coisas tristes, bem, drama é claro que tem, mas a maior parte conta a vida e os pensamentos mega inteligentes de Esther Earl, que segundo ela é “inteligente demais para o próprio cérebro”.

A letra de Esther.
Esther era uma adolescente muito engraçada, sensível, boa escritora, mas também tinha seus medos e suas perguntas. Era fã assumida de Harry Potter e nerdfighter de carteirinha (como Hank e John Green chamam as pessoas que assistem o canal deles: Vlogbrothers).

Minha parte preferida foi a da Catitude, que é um chat no Skype para fãs de Harry Potter e nerdfighters, foi nesse chat que Esther fez vários amigos online e se abriu pela primeira vez para falar sobre seu câncer com pessoas que nunca tinha visto pessoalmente. Vários deles, escreveram textos no livro sobre Esther, e como ela os aproximou. Essa parte é muito linda!

Uma desenhista e tanto!
Outra coisa que gostei bastante foram as partes que Wayne (pai de Esther) escreveu, eu concordo em ela, os textos de Wayne são bem poéticos e muito lindos!

O livro acaba com algumas histórias que Esther começou a escrever mas não terminou, essas histórias são de temas variados e bem escritas, que nos deixam querendo saber como acabariam!


A diagramação é maravilhosa, adorei a forma como as fotos, os textos e os desenhos de Esther foram distribuídos!

“A Estrela que Nunca vai se Apagar” é um livro triste, mas ao mesmo tempo lindo, engraçado e inspirador. É uma história real de uma menina que queria inspirar as pessoas e, que no fim, conseguiu.

Nada menos que 5 sapatinhos.
Beijos... Samantha Culceag.

20 comentários

  1. Nossa não tinha ouvido falar desse livro mais quando li o titulo a primeira coisa que meio a cabeça foi a culpa é das estrelas haha me interessei pelo livro vou ver se acho

    cherrycharming2.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Estou louca pra me emocionar com esse livro também.
    Gosto de histórias inspiradoras e reais também e é exatamente o que penso quando vejo esse livro.

    Beijos

    O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa foi a primeira história real que li, amei a experiência!

      Excluir
  3. Parece ser um livro lindo!
    Me deu muita vontade de ler. Esther era mesmo uma pessoa fascinante.
    Parabéns pela resenha, amei!
    Beijos,
    Blog Senhorita Deise | Instagram

    ResponderExcluir
  4. Eu já vi algumas resenhas desse livro!
    Ele parece ser muitooo bom!

    Bjs
    www.garotadebotas.com

    ResponderExcluir
  5. Eu sou bem chata com essa história, não gostei tanto de A culpa é das estrelas e achei clichê, a história de vida dela talvez seja mais interessante.

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  6. Eu sinceramente tentei ler esse livro mas não consegui, achei muito triste! :(

    Beijão!
    Boneca de Pano Rosa

    ResponderExcluir
  7. Ainda não sei porque não comprei o livro, parece ser ótimo, bj

    http://cataventodoce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Adorei o Post e amei o Blog! <3

    Seguindo! *-*

    www.quasequedezesseis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Nossa, eu estou completamente apaixonada por este livro, mesmo ainda não tendo lido. Sério, quero muito ler e depois dessa resenha fiquei com mais vontade ainda! Vou baixar pelo pdf porque não vou aguentar esperar eu ir comprar e nem sei se vou achar na livraria da minha cidade. Parece ter uma ótima história este livro, ela é linda *-*

    Beijos e até mais,
    Fluffy White. (thefluffywhite.blogspot.com) s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aposto que vai adorar esse livro maravilhoso!

      Excluir
  10. Ei!
    Eu li o primeiro capítulo na época da pré-venda. Achei lindo <3 Estou muito afim de ler por completo. É uma história muito bonita!
    beijos
    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Ai meu Deus, que livro divo!!!
    A história dela é muito linda :')
    Beijos...
    www.borboletarosavaidosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu já tinha escutado falar sobre isso, o livro parece ser bom!

    byanak.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Adorei seu blog flor! beijos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  14. Já li A Culpa é das Estrelas e quando eu soube que esse livro conta a história da garota que inspirou o John Green, fiquei louca pra ler. adorei a resenha!
    bjs
    blogtrashrock.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Samantha, querida, linda, que maravilha de resenha! Rica, cheinha de detalhes, fotos, do tipo que apaixona o leitor e o deixa ávido pela leitura do livro!
    Imaginei mesmo que o livro da Esther fosse triste, como, a princípio, pensei que ACEDE fosse. Se me enganei com a história linda de Hazel e Gus, sua resenha tb me diz que estou errada acerca do livro de Esther... então, agora, o livro é mais que desejado!
    Green foi mesmo inspirado pela garota, pq fez uma Hazel inteligente e divertida.
    Obrigada pelas dicas, esse é imperdível!
    Beijooo!
    As Meninas que Leem Livros

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, vou adorar saber sua opinião!
Tem um blog? Após seu comentário deixe o link para que eu possa retribuir.
*Não serão retribuídos comentários como "gostei" e "legal", leia a postagem antes de comentar!